Ocorreu um erro neste gadget

sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Outros recursos - Orkut promova

Outros recursos - Orkut promova

sábado, 25 de dezembro de 2010

Facebook

Facebook

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Estar satisfeito - Mensagem do Dia - Portal Angels

Estar satisfeito - Mensagem do Dia - Portal Angels

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Vivendo pela Palavra!: Confiar e fazer o bem

Vivendo pela Palavra!: Confiar e fazer o bem: "'Confia no SENHOR e faze o bem; habitarás na terra, e verdadeiramente serás alimentado.' Confia e faze são palavras que se conectam mu..."

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

sábado, 17 de abril de 2010

FESTIVAL DE ARTES DAS APAEs

A reunião será realizada dia: 20/04/2010, no horário das 13:00 às 18:00 horas.

Em Goiânia.


Será tratado do Festival de Artes das APAEs e também do Congresso.



Neusa Ferreira dos Santos
Presidente da APAE de Valparaíso de Goiás.

sexta-feira, 9 de abril de 2010

Deficiência Mental

A Informação é um Direito e um Dever

A partir do século XX começou-se a estabelecer uma definição para o Deficiente Mental e essa definição diz respeito ao funcionamento intelectual, que seria inferior à média estatística das pessoas e, principalmente, em relação à dificuldade de adaptação ao entorno.

Segundo a descrição do DSM.IV, a característica essencial do Retardo Mental é quando a pessoa tem um “funcionamento intelectual significativamente inferior à média, acompanhado de limitações significativas no funcionamento adaptativo em pelo menos duas das seguintes áreas de habilidades: comunicação, auto-cuidados, vida doméstica, habilidades sociais, relacionamento interpessoal, uso de recursos comunitários, auto-suficiência, habilidades acadêmicas, trabalho, lazer, saúde e segurança”.

Essa é também a definição de Deficiência Mental adotada pela AAMR (Associação Americana de Deficiência Mental). Na Deficiência Mental, como nas demais questões da psiquiatria, a capacidade de adaptação do sujeito ao objeto, ou da pessoa ao mundo, é o elemento mais fortemente relacionado à noção de normal. Teoricamente, deveriam ficar em segundo plano as questões mensuráveis de QI, já que a unidade de observação é a capacidade de adaptação.

Acostumamos a pensar na Deficiência Mental como uma condição em si mesma, um estado patológico bem definido. Entretanto, na grande maioria das vezes a Deficiência Mental é uma condição mental relativa. A deficiência será sempre relativa em relação aos demais indivíduos de uma mesma cultura, pois, a existência de alguma limitação funcional, principalmente nos graus mais leves, não seria suficiente para caracterizar um diagnóstico de Deficiência Mental, se não existir um mecanismo social que atribua a essa limitação um valor de morbidade. E esse mecanismo social que atribui valores é sempre comparativo, portanto, relativo.

Como vimos nas definições acima, Deficiência Mental é um estado onde existe uma limitação funcional em qualquer área do funcionamento humano, considerada abaixo da média geral das pessoas pelo sistema social onde se insere a pessoa. Isso significa que uma pessoa pode ser considerada deficiente em uma determinada cultura e não deficiente em outra, de acordo com a capacidade dessa pessoa satisfazer as necessidades dessa cultura. Isso torna o diagnóstico relativo.

Segundo critérios das classificações internacionais, o início da Deficiência Mental deve ocorrer antes dos 18 anos, caracterizando assim um transtorno do desenvolvimento e não uma alteração cognitiva como é a Demência. Embora o assunto comporte uma discussão mais ampla, de modo acadêmico o funcionamento intelectual geral é definido pelo Quociente de Inteligência (QI ou equivalente).


Neusa Ferreira dos Santos

FIDELIDADE É FELICIDADE

Fidelidade vem da palavra fiel e é uma das maiores virtudes do homem. A fidelidade faz do homem uma pessoa respeitada e admirada. A fidelidade, quando praticada, faz o casal se amar sem reservas, sem desconfiança e sem receios. A fidelidade existe nas pessoas de grande e correto caráter. A fidelidade quando exercida transforma as situações más, em boas. A fidelidade acaba sendo uma necessidade para se viver bem. A fidelidade não deve viver apenas entre os casais. Ela é também vivida entre patrões e empregados, entre alunos e professores e até entre pais e filhos. A fidelidade tem como sinônimos as palavras: lealdade, firmeza, exatidão e até verdade, que não está no dicionário. A fidelidade é a prova maior de sinceridade. O homem que pratica a fidelidade não mente, não se apresenta com hipocrisia, não falseia com a verdade e vive integralmente. A fidelidade no homem agrada a Deus que o criou íntegro e perfeito. Alguns levianos afirmam que a fidelidade caiu de moda, mas não, eles estão enganados. A fidelidade é uma característica do homem sério e temente a Deus. Isto é para ontem, hoje e para sempre. A fidelidade é um privilégio do ser humano. Todo homem ou mulher deve se alegrar até se ufanar de ter fidelidade. Ser fiel é motivo de grande felicidade para quem é realmente fiel. Em todas as mensagens, nós terminamos com exemplos bíblicos. Sobre fidelidade e ser fiel, a Palavra de Deus tem muitos exemplos. No livro de Deuteronômio 32:4, nós encontramos a seguinte declaração: “Deus é fiel e não há nele injustiça”. Essa é a justa fidelidade. Josué, o grande líder, no capítulo 24:14 dá-nos uma palavra muito séria. Referindo-se a Deus, Josué disse ao povo: “Servi-O com integridade e com fidelidade”. O Salmo 89:1 diz o seguinte: “...os meus lábios proclamarão a todas as gerações a tua fidelidade”. O livro de Apocalipse, que é o livro da revelação diz no capítulo 13:10, referindo-se aos que se salvaram da condenação: “aqui está a perseverança e a fidelidade dos santos”. Vale a pena ser fiel em nossa vida aqui na terra! Autor FIDELIDADE - Pr. Hélio Pacheco. Amigos espero que gostem eu adorei Neusa.